• Categorias
  • Apaixonada Pelo Melhor Amigo



    O que fazer com essa linha tênue que existe entre amor e amizade?




    Amor e amizade são sentimentos bem próximos e em certos casos a linha entre eles é bem tênue. Quando começamos uma amizade com alguém é porque gostamos dessa pessoa, do jeito, das brincadeiras, da companhia, da conversa. Um amigo é uma pessoa com a qual queremos compartilhar todas as coisas boas e ruins dessa vida, é uma companhia que queremos sempre ter por perto. Se fossemos definir a pessoa pela qual nos apaixonamos poderíamos usar exatamente as mesmas características. Então o que diferencia o amor da amizade? O que diferencia aquele melhor amigo para o qual você pede conselhos do garoto em que você pensa todas as noites antes de dormir?

    Na época da escola, me lembro de não ter muitos amigos, era uma melhor amiga e uns dois colegas mais próximos. Um desse colegas, o Rodrigo*, era mais chegado que os outros. Nós dois tínhamos mais coisas em comum, ele era engraçado, legal de se conversar, e quando estávamos juntos eu sentia que podia ser eu mesma, sem restrições, sem ter que mudar apenas para agradar. Eu sabia que ele gostava de mim pelo que eu era, por dentro e por fora, e eram poucas as pessoas que me faziam sentir isso.

    Não sei se as causas foram todas as qualidades do Rodrigo, ou se o problema era comigo mesmo, mas quando me dei conta já estava apaixonada por ele. Sempre fui assim, às vezes garotos muito legais passavam pela minha vida e meu coração continuava na mesma, mas quando tinha que ser, quando era “o cara”, aí a paixão vinha quase que instantaneamente, sem que eu conseguisse perceber esse gostar tomava conta de mim e aumentava cada dia mais. No caso do Rodrigo, o fato de nos encontrarmos com frequência só aumentava o sentimento. Mesmo tendo a certeza de que ele gostava de mim apenas com amiga o meu amor continuava lá, intacto, e frequentemente eu me pegava criando expectativas e imaginando um romance lindo entre nós dois.

    Por mais que você tenha um amor muito grande dentro de si, tenha a certeza de que ele não irá sobreviver muito tempo se estiver sozinho. Acontece que o amor, como qualquer outro sentimento, precisa ser alimentado para que possa crescer e criar raízes dentro de nós. O Rodrigo nunca soube e nunca alimentou esse meu sentimento por ele, e todo esse amor de amigo que ele depositava em mim parece que só fez contribuir para que o meu sentimento por ele fosse morrendo aos pouquinhos. Nós continuamos sendo amigos e quando nos formamos fomos nos distanciando pouco a pouco. Tem muito tempo que não nos falamos, mas independente de qualquer coisa ele é uma pessoa pela qual que terei um grande carinho pelo resto da vida.

    Se você também se encontra apaixonada por um amigo não precisa se desesperar. Como disse, amor e amizade são sentimentos muito próximos e é normal que um se confunda com o outro. À sua maneira, tente demonstrar esse seu interesse por ele, pouco a pouco, de maneira sutil. Se o seu amigo também te enxerga com outros olhos você vai perceber. Caso ele não retribua o seu amor da maneira que você espera tente superar e não sacrificar a amizade, afinal, independente de segundas intenções vocês se gostam muito e é isso que importa. A amizade que existe entre vocês é o mais importante, pensando assim, tenha certeza de que você saberá qual é a coisa certa a se fazer.


    *Os nomes foram trocados.
    COMENTÁRIOS DO FACEBOOK
    COMENTÁRIOS DO BLOGGER

    0

    Postar um comentário



     
    Copyright © Blog da Vanessa | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO