• Categorias
  • Bombons, Insônia e uma Mulher Confusa




    As coisas estão cada vez mais estranhas e confusas. Todos os meus ideais estão desmoronando na minha frente e pelo que parece não posso fazer nada para impedir. Agora eu estou aqui, sentada em minha cama com a televisão ligada e uma caixa de bombons barata, sem ter a mínima ideia do que fazer com essa situação.

    Sofia está dormindo no quarto ao lado, seu pai a levou a um hotel fazenda e a garota chegou em casa exausta, nem me contou os detalhes do passeio como sempre costuma fazer. Ah, corrigindo, pelo pouco de informações que pude arrancar de minha filha, Ricardo também levou sua nova namorada para acompanha-los. Era a terceira desde que nos divorciamos há um ano. Ele possuía uma facilidade enorme para desencanar de antigos relacionamentos, foi assim com nosso casamento.

    Meu muito bem resolvido ex-marido provavelmente está transando com sua mais jovem conquista agora e eu estou engordando várias gramas só por não ter maturidade para lidar com meus sentimentos.

    O problema é a Marília, minha secretária há alguns meses. Sempre a considerei uma mulher muito bonita, olhos claros, pele morena e várias curvas, também é uma ótima funcionária, cumpre suas obrigações de maneira muito eficiente.  Nas poucas vezes em que tivemos conversas mais pessoais, observei que ela possui personalidade forte e que compartilhamos algumas preferências em comum. Beatles, Machado de Assis, comida japonesa.

    A questão é que de uns tempos pra cá comecei a olhar Marília de uma maneira meio que diferente. Toda vez que penso ou falo nisso sinto como se estivesse cometendo um crime, mas não existe uma maneira mais sutil de dizer o que está acontecendo: sinto-me fortemente atraída pela Marília. Digo atraída fisicamente, a vejo e sinto vontade de beijá-la, tocar seu corpo, enfim, fazer tudo que sempre fiz com meus companheiros em meus relacionamentos heterossexuais. Tudo mesmo.

    Já ouvi pelos corredores do hospital rumores de que ela é lésbica, porém nunca encontrei alguém que me confirmasse isso. Mas e se for verdade mesmo, o que vai mudar? Existe tanta coisa por trás dessa possível escolha, tantas pessoas. Sofia, meus pais. Não sei como explicar para uma criança de cinco anos e um casal de religiosos conservadores que uma mulher pode namorar outra mulher.

    Tenho dezenas de consultas agendadas para amanhã e esse assunto fica aqui, me enlouquecendo e me causando essa maldita insônia. Acho melhor eu ir me preocupar se a mocinha da novela está mesmo grávida, e essas coisas complicadas da vida real eu resolvo amanhã depois que o despertador tocar.
    COMENTÁRIOS DO FACEBOOK
    COMENTÁRIOS DO BLOGGER

    0

    Postar um comentário



     
    Copyright © Blog da Vanessa | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO