• Categorias
  • Ah, o amor...


    Mas no fundo a gente sabe que amor é assim, sabe que ele machuca o coração, fere a alma bem lá nas suas profundezas. Nós sabemos do quanto é arriscado essa história de se apaixonar e se deixar envolver, de colocar a sua vida nas mãos de outro alguém, pegar o seu coração e entregar inteirinho pra outra pessoa como quem diz “Toma pra você, e cuida bem dele porque é o único que eu tenho”. Fazer o quê, o amor é isso mesmo, uma entrega total, um eterno dar e receber, tem gente que mais entrega, outros mais recebem, e a troca continua até quando o amor permitir, até ele ser suficiente pra superar todos os altos e baixos.

    E a gente briga, se reconcilia, jura que vai amar para sempre, mas depois de duas horas já se separa novamente, diz que não quer ver nunca mais na vida e cinco minutos depois sente aquela dor rasgar o coração, é saudade, é ver o medo de perder quem mais se ama parecer cada vez mais próximo, a possibilidade de ter que viver sem o amor da sua vida parecer cada vez mais real. Tem quem deixe o medo tomar conta, e prefere não deixar o amor preenche-lo só pra não ter que reparar os estragos que ele vai fazendo ao longo do caminho.

    Dizem que quanto mais alto se sobe, maior o tombo, mas quem garante que a gente vai mesmo cair? Se a coragem permitir a gente vai subindo cada vez mais, e talvez não caia nunca, e chegue até os céus impulsionado pelo sentimento mais lindo do mundo. Mas no fundo, bem lá no fundo mesmo, o pior não é perder, não é nunca possuir, o mais triste é ter a pessoa que se ama bem perto e continuar sentindo que ela está do outro lado do mundo.
    COMENTÁRIOS DO FACEBOOK
    COMENTÁRIOS DO BLOGGER

    0

    Postar um comentário



     
    Copyright © Blog da Vanessa | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO