• Categorias
  • Contra o Preconceito do Dia a Dia


    Preconceito é algo meio complicado que nunca me desceu muito bem pela garganta, afinal, como pode alguém ter tanta aversão a ideias que sejam contrárias as suas? É fato que num mundo com sete bilhões de pessoas e uma enorme diversidade, seria loucura exigir que a humanidade concordasse em tudo, mas te digo que loucura maior ainda é uma pessoa se achar no direito de dizer do que a outra deve ou não gostar ou o que ela pode ou não fazer.

    Todos os dias nós lutamos contra os grandes preconceitos e eu reconheço a importância que isso tem, mas em meio a tantas campanhas nós nos perdemos e acabamos nos esquecendo das pequenas antipatias que surgem no dia a dia, aquela virada no olho, aquela torcidinha de nariz.

    Dia desses saí com um amigo, e durante nossa conversa ele comentou a reação que uma colega sua teve quando ele contou que não gostava de Beatles, “Como assim? Não tem como alguém não gostar deles.”. Não estou aqui para discutir os méritos da banda, mas fiquei um tanto assustada ao perceber que essa colega, mesmo convivendo com meu amigo todos os dias, se sentiu no direito de julgá-lo de uma maneira completamente diferente apenas por um detalhe de seu gosto musical.

    Isso me trouxe lembranças de unas três anos atrás, quando a banda Restart estourou com o hit recomeçar. Eu particularmente nunca curti o som da banda, mas me lembro de que minha prima era uma grande fã, e com frequência eu podia ver parentes e amigos fazerem dessa opção musical um motivo para ofendê-la. Eles manipulavam os fatos de maneira a fazer com que minha prima se sentisse envergonhada pelo simples fato de ser fã da banda. Uma situação que chega a causar certa indignação.

    Cada pessoa é única, tem características, sonhos, e uma personalidade, que vão muito além de um gosto musical ou de uma maneira de se vestir. É lamentável perceber que ainda existem pessoas que pensam assim, é triste porque tenho certeza de que elas nem perceberam quantas pessoas legais o preconceito as impediu de conhecer.

    Creio que falta em todos nós uma dose de aceitação. Você não precisa ir contra seus ideais, fazer coisas das quais não gosta ou se relacionar com pessoas com as quais você não tem nada em comum, basta respeitar. Evite julgar as pessoas por pequenos detalhes, e não ache que tem o direito de dizer o que cada um deve ou não fazer. Aqui entre nós, ter um pouquinho de tolerância não faz mal a ninguém.
    COMENTÁRIOS DO FACEBOOK
    COMENTÁRIOS DO BLOGGER

    0

    Postar um comentário



     
    Copyright © Blog da Vanessa | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO