• Categorias
  • Nunca É Muito Tempo


    Não sei qual a melhor maneira de começar esta carta, é estranho tentar algum contato com você, porque tocar nesta caneta e escrever estas palavras é o mesmo que relembrar todos os momentos que vivemos juntos. Momentos estes que, durante esses seis meses, me esforcei muito para esquecer. Mas por favor, não me julgue, só eu sei o quanto o amor pode ser um sentimento volúvel diante de certas situações.

    Talvez você não leia estas palavras, pode ser que ao notar meu nome escrito no fundo do envelope você o destrua, numa tentativa de se livrar de qualquer coisa que lembre o que já existiu entre nós. Mas mesmo com todos esses contras, a minoria de prós ainda me encoraja a tentar, nem que seja pela última vez. Nem que seja para que, daqui a alguns anos, eu possa olhar para trás e ter o coração tranquilo, com a certeza de que tentei tudo que estava ao meu alcance para que o nosso amor não morresse.

    Sei que é incoerente eu te dizer algo do tipo, afinal fui eu que terminei nosso namoro e destruí todos os laços que nos uniam,  mas te garanto que não há um só dia em que eu não me arrependa do que fiz naquela fria tarde de novembro. Você me conhece melhor do que ninguém e sabe que eu sempre fui uma mulher confusa, tinha dificuldade para escolher o que vestir quando saímos para jantar, então dá para imaginar que não é fácil para mim lidar com todos esses sentimentos que preenchem o meu interior. Eu achava que sabia o que queria, mas todas as minhas certezas voaram pelos ares quando me vi tão distante de você.

    Sempre fui muito ciumenta, mas te garanto que essa minha atitude não é movida pela possessividade ou pelo medo de perder. Se passei por cima de todo o meu orgulho para te escrever e te pedir para voltar, o único culpado é o meu amor. Um amor que me machuca um pouco mais cada a cada dia que passo longe de você. Sei que te disse que não queria te ver nunca mais, mas só hoje eu consigo perceber que nunca é muito tempo.

    Meu amor, eu literalmente não sei viver sem você. Até tentei conhecer outras pessoas ou ocupar minha mente com outras atividades, mas por mais que eu tente não consigo de tirar da minha cabeça, nem do meu coração. Sei que pode parecer loucura, mas quando olho para esse seu sorriso lindo, sinto que somos destinados a ficarmos juntos. Sinto que somos parte um do outro, e que meu futuro só será perfeito com você. Te quero de volta, sem rodeios e sem meias palavras. Sinto sua falta.

    Com todo o meu amor, da garota que sempre será sua, Ana.
    COMENTÁRIOS DO FACEBOOK
    COMENTÁRIOS DO BLOGGER

    2 ♥



     
    Copyright © Blog da Vanessa | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO