• Categorias
  • Coração apaixonado é bobo...



    Entrei no banheiro e fiquei um tempo parada em frente a pia enquanto observava meu rosto refletido no espelho. Maquiagem impecável, nenhum fio de cabelo fora do lugar... Sempre tive esse dom de parecer perfeita por fora quando o meu interior estava um caos total. Até que eu gostava dessa qualidade, isso de não demonstrar fraqueza e fazer transparecer para os outros que nada podia me atingir. Mas atingia, e naquela noite tudo que eu queria era uma aparência horrível ou um rosto inchado de tanto chorar, qualquer coisa que fizesse alguém se preocupar comigo, perguntar se eu estava bem, se eu precisava de algo. Eu diria que não precisava de muito, só um abraço desses bem aconchegantes e um par de ouvidos disposto a me escutar sem encarar as minhas histórias como um fardo. No fim acho que foi isso que eu me tornei pra você, um fardo desses bem pesados que, apesar de não dar a mínima importância, você carrega de um lado pro outro só por medo de ainda precisar um dia.

    Enchi minhas mãos com um punhado de água gelada e joguei no rosto só pra ver se algo mudava. Tudo continuou na mesma. É engraçada essa nossa mania de achar que pode lavar a alma do mesmo jeito que lava o corpo, como se todos os nossos problemas fossem escorrer pelo ralo junto com a água, como se viver fosse tão fácil quanto abrir e fechar uma torneira. Sequei o rosto e parte da maquiagem saiu, mas aquela voz do meu lado racional que insistia em dizer “Eu avisei” ainda estava lá. Sim, você avisou, você e torcida do flamengo inteira, mas eu preferia me fazer de boba, fingia que não escutava e que não sabia do que você estava falando. No fundo eu sempre soube que você estava certo, mas meu coração é meio manteiga derretida e vivia me dizendo “Vai lá, tenta só mais uma vez, dá outra chance, te prometo que dessa vez vai dar certo”. Mas não deu, e eu sabia que isso ia acabar acontecendo, como já aconteceu tantas outras vezes. Segundas chances, elas nunca importam, as pessoas nunca mudam**.

    Mas coitado desse meu coração, não vou dar bronca, ele só está apaixonado, e quem está apaixonado não consegue pensar direito e acaba tendo umas atitudes meio idiotas. A culpa é minha mesmo, sou eu que não devia ter deixado ele guiar as minhas atitudes dessa maneira, ele estava fora de si e acabou me deixando fora de mim também. Eu devia ter explicado pra ele (o coração) que você não valia a pena, que ia jogar essa nova oportunidade fora do mesmo jeito que fez com as outras porque você não se importava mais. O que pra mim significava a esperança de tudo voltar a ser como antes, pra você era apenas diversão. Era difícil de acreditar, mas mesmo depois de tudo o que nós vivemos juntos eu tinha me tornado só mais uma na sua vida. Só mais um nome que você encontrava perdido no meio da sua lista de contatos enquanto procurava alguém pra acalmar a sua carência.

    Pode até parecer papo de mulher amargurada, mas a única coisa que eu queria agora era perder um pouco dessa fé no amor. Parar de acreditar que um dia andando pela rua vou esbarrar no amor da minha vida, que todo mundo tem direito a um “felizes para sempre” e que sempre há um chinelo velho pra um pé descalço. Parar de manter a esperança de que um dia você vai acordar e perceber que eu sou a mulher da sua vida, que não pode mais viver sem mim e que vai me pegar pra você antes que outro faça isso. Mas eu não paro de acreditar, eu só paro e fico aqui te esperando, e me perguntando quantas vezes mais esses seus erros vão ter que se repetir para que enfim eu acredite que você nunca vai mudar.


    *O título do texto é um trecho da música Pensando Em Você da banda Pimentas do Reino.
    **A frase é um trecho da música Misery Business da banda Paramore.
    COMENTÁRIOS DO FACEBOOK
    COMENTÁRIOS DO BLOGGER

    4 ♥

    1. Corações apaixonados jovens são tão sensíveis, nostalgia da minha adolescência ao ler seu texto!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Acho que todos os corações apaixonados são meio sensíveis rs'

        Excluir
    2. AWWWWWWNNNN QUE TEXTO MAIS LINDO! ME ENCONTREI EM CADA LINHA DO SEU TEXTO! LENDO SEU BLOG DE "CABO A RABO"! TEXTOS APAIXONANTES.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Fico muito feliz que você tenha gostado Tainá <3 <3

        Excluir



     
    Copyright © Blog da Vanessa | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por VR DESIGN :: VOLTE AO TOPO